Publicado em Julho - 07 - 2009

À prova de fogo

Quando comecei a assisti-lo, eu nem imaginava sobre o que era o filme. Na capa um bombeiro, uma mulher, muitas chamas; achei que era mais um filme sobre bombeiros heróis, muita ação e algum romance para garantir a bilheteria. Nada disso!

O tema do filme são os relacionamentos, mais especialmente o casamento. o Capitão Caleb Holt (Kirk Cameron) é bombeiro e sua esposa Catherine (Erin Bethea) é relações públicas em um hospital de Albany, na Geórgia.

Casados há sete anos, eles mal conversam um com o outro e quando o fazem, o resultados são críticas, reclamações e acusações. Ela se queixa do egoísmo dele, e ele se queixa de não receber o respeito que merece. Caleb é um herói e respeitado no trabalho, mas em sua casa as coisas são diferentes.

Uma cena interessante é quando ambos estão contando sua versão da história (ao pai/às amigas) e as falas de ambos se alternam na tela e se complementam, mostrando que ambos estão certos e errados.

Depois de uma briga particularmente séria, eles decidem se separar. Quando conta a seu pai o que aconteceu, ele lhe pergunta se há alguma parte dele que quer salvar o casamento Caleb responde que sim, se Catherine se dispuser a mudar. Seu pai John então lhe pede que adie o divórcio por 40 dias, pois irá mandar alguma coisa pelo correio, algo que demorará 40 dias para ser feito.

Caleb reluta e pergunta se aquilo tem a ver com religião, mas seu pai pede que o faça como um favor a ele. Os pais de Caleb também estiveram perto do divórcio, e o que ele lhe mandará foi o que salvou seu casamento.

Alguns dias depois chega o pacote. É um caderno escrito à mão por John, chamado “O Desafio do Amor” (The Love Dare); por 40 dias Caleb deverá fazer as pequenas tarefas que forem pedidas, começando por não dizer a ela nenhuma palavra agressiva, ouvindo e não retrucando (dia 1).

Durante as próximas semanas Caleb segue as recomendações do Desafio, enquanto Catherine ignora seus esforços e continua decidida a se divorciar.

John Holt: Ela lhe agradeceu por alguma coisa que fez nos últimos 20 dias?

Caleb Holt: Não! E pensa que depois de eu ter lavado o carro, trocado o óleo, lavado a louça, limpado a casa, que ela mostraria um pouco de gratidão? Mas ela não o fez! Quando eu chego em casa, ela me faz sentir como se eu fosse – como se eu fosse o inimigo! Eu não sou bem vindo em minha própria casa, pai. É isso que me deixa louco! Pai, nas últimas três semanas eu fiz o impossível por ela. Tentei demonstrar que eu ainda me importo com o relacionamento. Eu comprei flores, que ela jogou fora. Escutei seus insultos e sarcasmo, mas a noite passada foi a gota d´água. Eu fiz o jantar para ela. Eu fiz tudo o que podia para mostrar que me importo com ela, para mostrar que eu a respeito, e ela cuspiu na minha cara! Ela não merece isso, pai. Não vou fazer mais nada! Como posso mostrar amor para alguém que dia após dia após dia continua me rejeitando?

John Holt: [toca, e depois se apoia na cruz] É uma boa pergunta.

O amigo de Caleb, o bombeiro Michael (Ken Bevel), tem um bom casamento e diz que descobriu que seu casamento não estava quebrado, ele apenas não sabia como fazê-lo funcionar. Ele apoia os esforços de Caleb e torce por ele. Sua fé o ajuda, e ele agora acredita que os casamentos são feitos para durar até que a morte os separe.

Michael Simmons: A parte triste é que quando as pessoas prometem ficar juntas na alegria e na tristeza, elas na verdade querem dizer só na alegria.

O Desafio do Amor é interessante pois baseia-se não em religião, mas em compreensão e dedicação, dois ingredientes fundamentais para manter um bom relacionamento. As tarefas propostas no caderno não são difíceis, mas precisam ser feitas com o coração; isso é o que Caleb descobre no decorrer do filme.

Caleb Holt: Os casamentos não são à prova de fogo.

Michael Simmons: À prova de fogo não quer dizer que o fogo nunca chegará. Quer dizer que quando o incêndio chegar você será capaz de enfrentá-lo.

Tanto Caleb quanto Catherine eram egoístas, mas não percebiam isso. Ambos culpam o outro pelo fracasso do casamento, e por fim Caleb percebe que o lema dos bombeiros, “nunca deixe seu parceiro para trás”, deve ser praticado também no casamento. Somente quando muda por dentro e compreende o que é o verdadeiro amor ele começa realmente a amar a esposa.

No nosso “mundo líquido” de hoje é mais fácil desistir do relacionamento que se esforçar para mudar a si mesmo (sim, pois só podemos mudar a nós mesmos!) Tudo o que vale a pena exige esforço, e um bom casamento não é exceção. Não é preciso estar no meio do “incêndio” para aproveitar a mensagem e as boas sugestões do filme.

Este é um bom filme romântico, com uma mensagem positiva e interessante. O amor não precisa de grandes gestos, mas das pequenas provas no dia-a-dia. Amor e respeito são conquistados aos pouquinhos, e um casamento, como uma planta, precisa de cuidados diários para florescer. Para mim, esse foi o aspecto mais importante da história.

Fireproof é mais um filme da produtora Sherwood, com direção de Alex Kendrick e roteiro de Alex e Stephen Kendrick. Eles já produziram “Desafiando os Gigantes“(2006) e “A Virada” (2003), outros filmes com temática cristã e mensagens positivas.

Uma curiosidade é que o único ator profissional do filme é Kirk Cameron (da série americana de TV Growing Pains); todos os outros são atores voluntários da igreja e dos bombeiros, e surpreendentemente, com boas atuações. As cenas de ação são bem feitas e interessantes, e todo o filme foi filmado em apenas nove dias.

Recomendo este filme mesmo para os que não seguem alguma religião; afinal, os problemas (e soluções) dos relacionamentos são um tema universal, e À Prova de Fogo com certeza agradará a muitos.

PS: depois de assistir o filme, veja “Fireproof on 60″, na seção de extras do DVD; é um resumo do filme em 60 segundos, muito divertido.

*    *    *

Para saber mais:

  • Entrada do filme no IMDb
  • Site – À Prova de Fogo – filme
  • Site – Fireproof My Marriage
  • Fireproof na Wikipédia (em inglês)
  • Crítica – À Prova de Fogo – “Miojo” (O Cara da Locadora)
  • Crítica - À Prova de Fogo – Pedro Tavares (Cinema O Rama)
  • Atualização: Leia o livro “O Desafio de Amar” no Scribd (em português)

Vídeo: Trailer

Related Posts with Thumbnails